Arquivo do mês: maio 2009

200483● Com uma temporada bem irregular, Gossip Girl chegou ao final deixando bons ganchos para o próximo ano: Georgina como companheira de quarto de Blair na faculdade (apesar do triste boato de que a atriz que interpreta a megera só vai ficar por 3 episódios); Serena atrás de seu pai; Lily e Rufus finalmente se casando, e o filho deles por perto; e o romance de Blair e Chuck, que finalmente se concretizou, na última cena da 2º temporada. Os dois foram o grande destaque do ano e mereceram a cena derradeira. Para a próxima temporada, Nate e Vanessa, que andaram bem apagadinhos, precisam ser mais bem trabalhados. Além disso, precisam devolver a Jenny sua boa forma. É na rebeldia que ela brilha.
Ainda falando da série, vale destacar a cena final do penúltimo episódio, que valorizou a amizade de Serena e Blair. Também nesse episódio, o passado de Lily deixou muito a desejar. Eu esperava que o flashback fosse contar um pouco do passado da loira com Rufus, mas focou em uma história sem graça nenhuma. Realmente era difícil tirar algo dali, e a CW fez bem em cancelar a série derivada que pretendia fazer. Esse passeio ao passado pode até voltar uma vez ou outra, mas para contar a história de Lily com Rufus. Falando nele, nenhum ator que for contratado pra fazer a versão jovem do músico conseguirá chegar perto da chatice do original.
Que venha a próxima temporada!

edie-britt-nicolette600● Aconteceu realmente a despedida da personagem Cristina, de Ugly Betty. Não que ela fará muita falta na história, mas quem acompanha a trama com fidelidade, fatalmente se emocionou um pouco com a saída da estilista que esteve ao lado da feia por três anos. Foi um momento bonito, envolvendo uma trama que, para a felicidade geral, parece ter devolvido Wilhelmina ao lado negro da força.

● Tudo indica que a Globo vai esticar Caras e Bocas até janeiro de 2010, totalizando mais de 9 meses de novela no ar. O motivo da decisão é o atraso na produção seguinte (só nos próximos dias a emissora deve decidir a substituta, provavelmente uma trama de Bosco Brasil supervisionada por Aguinaldo Silva), além de fugir de estrear a nova novela em pleno horário de verão, época em que o número de telespectadores cai drasticamente. Resta saber se a trama de Walcyr Carrasco terá fôlego para chegar até ano que vem. A trama pode até ser leve e ter seus momentos de acerto, mas é um fiapo de história, sem novidade alguma, e que pode se prejudicar ainda mais.

Anúncios

Capitulando

edie-britt-nicolette600

● As temporadas estão chegando ao fim, e se tem uma coisa que merece ser esquecida é a morte de Edie, em Desperate Housewives. O final infeliz deve ser esquecido, e não a personagem. Aliás, isso é impossível. Edie vinha sendo tratada como uma das desperates nas peças de divulgação da série há várias temporadas. Está certo que ela nunca teve o mesmo destaque das outras, mas tinha um apelo importante para a história, e fará falta. Bonitinho o episódio em que as amigas relembram momentos dela, enquanto levam as cinzas para seu filho. Pareando com o 100º, mas muito aquém do que a personagem merecia. O que ela menos precisava era dessa morte estúpida a altura do campeonato. Puro desperdício!

● Hans Donner e sua equipe devem estar sofrendo uma crise de criatividade. A música de Caras e Bocas tem cara de novela das 7, mas a abertura sai do nada para lugar nenhum. Falando em abertura, a de Poder Parelelo, da Record, também é sofrível e não retrata o clima da história. Até a música está fora de sintonia.

Prison Break chegou ao fim, graças a Deus, antes que a receita desandasse ainda mais. Depois da sofrível 3º temporada, a 4º foi superior, mas muito distante do que já vimos um dia. O final foi bem dentro do previsto, incluindo a morte de um dos irmãos. Achei que seria um falecimento sob “combate”. Do jeito que foi, ficou sem graça. T-bag merecia um final mais incrementado, sem contar os milhões de fios que ficaram soltos durante os 4, mas isso a gente releva. É Prison Break. Vêm aí 2 episódios que sairão direto em DVD, e que contarão o que aconteceu entre o fim da história e a morte de um dos irmãos. Desnecessário.

● Depois da trilha nacional, que foi aquele balaio de gato de regravações de canções que já andaram pelas novelas, a trilha internacional de Caminho das Índias parece que vai para o mesmo caminho. As duas músicas que eu já escutei são antigas, e já estiveram em outras tramas. E depois a culpa pela queda nas vendas de CD’s de trilhas sonoras é só da pirataria…