Arquivo do mês: agosto 2011

Audiência no curral

A quarta edição de A Fazenda não engrenou. O reality começou com bons números, parecendo que ia conseguir fisgar uma fatia considerável de telespectadores de O Astro, mas ficou só na promessa. A novela das 23 horas da Globo continua bem para o horário (os números são razoáveis, nada muito explosivo), enquanto A Fazenda perdeu audiência, na última semana chegou a dar 9 pontos.

Há vários fatores que podem ser responsáveis por essa queda:

– A edição – Pra mim é o maior problema do reality, prejudicou todas as edições e a Record parece que ainda não aprendeu. As coisas são arrastadas, se repetem, passagens desinteressantes são exibidas e algumas que podiam render são mostradas com um olhar equivocado.

– Britto Jr. – O apresentador é importantíssimo em um reality show, ele é realmente o condutor do programa e muitas vezes determina o clima dos participantes. Silvio Santos era a alma da Casa dos Artistas e Pedro Bial sabe como provocar os participantes quando é necessário, mas Britto é um mero apresentador e faz comentários dispensáveis.

– O horário – Um dos maiores êxitos das edições anteriores de A Fazenda foi conseguir tirar audiência da Globo no final da noite de domingo, e agora o programa deste dia mudou para as 20 horas. Realmente não dá pra entender. Nos outros dias, o reality vai ao ar muito tarde, as eliminações costumam acontecer depois da meia noite.

Esses são apenas alguns dos motivos. Já era hora da Record ter aprendido com os erros, e essa edição está pagando por isso.

Anúncios